14 expressões faladas no Rio Grande do Norte que confundem o resto do Brasil

No Rio Grande do Norte se falam coisas que na maioria dos outros estados brasileiros tem o significado totalmente diferente para a mesma expressão. Mas você que mora no RN entende perfeitamente o que elas significam, quer ver?

1. No RN você não vai embora, você “vai chegar”!

post-expressoes-potiguares-confundem-brasil-vouchegar

Se pra você o mais lógico é que alguém quando vai embora diga: “vou embora” , no Rio Grande do Norte quando alguém, especialmente o natalense, vai deixar um local, ele que vai chegar. Fácil, hein?

2. Já esta era pra ser uma cheirada de pescoço, mas não é bem isso

post-expressoes-potiguares-confundem-brasil-cheiro

Se pra quem não mora no RN cheirar alguém é uma ação que se faz com o nariz e um pescoço geralmente, no RN “um cheiro” não significa cheirar, mas sim, dar um beijo. “A fulana tá bem? Diga que mandei um xero!”

3. Malhar pode ser o corpo ou alguém

post-expressoes-potiguares-confundem-brasil-malhar

Malhar pra quem mora fora do Rio Grande do Norte quer dizer exercitar-se na academia, mas para os potiguares quer dizer zombar, zuar, expôr ao ridículo. Então você pode ser “malhado” no RN sem fazer nenhum exercício.

4. Essa já é conhecida por aí e o RN usa muito

post-expressoes-potiguares-confundem-brasil-massa

Apesar do Brasil já estar bem familiarizado com essa, muita gente sabe que “massa” é um prato de macarrão, uma pizza, um pão ou um bolo. Mas no Rio Grande do Norte não. Ela é uma expressão muito usada nesse estado e significa algo/alguém legal, bacana.

5. Esta pode ser para homem, mulher e até para animais

post-expressoes-potiguares-confundem-brasil-rapaz

Pensa que falar “rapaz” é para se referir à um rapaz mesmo? Não. No RN a palavra “rapaz” serve tanto pra moças quanto para rapazes, também tanto para mulheres quanto para homens. Não importa a idade, não importa o sexo. E ainda tem gente que fala assim com animais: “rapaz você mijou no sofá de novo?”

6. Calma com essa aqui! Você não está todo sujo, mas sim com sorte!

post-expressoes-potiguares-confundem-brasil-cagado

Quem há de imaginar que essa palavra não é o que é? E além do mais é algo bom? Poisé, no Rio Grande do Norte alguém “cagado” é alguém que tem ou teve muita sorte. É de bugar qualquer cérebro fora desta UF!

7. Mais uma aqui que não tem nada a ver com o que deveria ser

post-expressoes-potiguares-confundem-brasil-rim

O que é um RIM pra quem não mora no Rio Grande do Norte? Um órgão do corpo humano, certo? Poisé. No RN, e em outras regiões do Nordeste, RIM significa ruim. Ah claro! 😛

8. Fique feliz se alguém no RN te chamar assim:

post-expressoes-potiguares-confundem-brasil-tampa

Quem não mora no elefante pensa o que? Sou a tampa da panela de alguém talvez, certo? Poisé, so que no RN isso quer dizer que você é inteligente ou expert no que faz.

9. Essa é difícil até de explicar

post-expressoes-potiguares-confundem-brasil-moido

Moído não é algo triturado ou picado no Rio Grande do Norte, é uma situação complicada, uma briga, uma criação de caso, um evento embaraçoso. Tipo assim:

“Ontem o moído foi grande na festa que eu fui” = “Ontem na festa tiveram situações estranhas/constrangedoras/polêmicas.”

“Deixa de muído aí” = “Para de criar caso à toa aí.”

10. Esse pode ser empolgante pra quem ouve, mas não é

post-expressoes-potiguares-confundem-brasil-edemais

Pode parecer algo super legal, algo surpreendente que alguém tenha dito, mas no RN “é demais” (dito com vários AAAIS assim) significa que o que alguém acabou de dizer não é verdade. Exemplo: você diz “eu sou especialista em redação do ENEM”, potiguar retruca: “É demaaaais!”, ou seja, ele duvida que você seja.

11. Essa aqui significa algo folgado pra você?

post-expressoes-potiguares-confundem-brasil-frouxo

No Rio Grande do Norte – em outras regiões – não. Frouxo é quando se quer dizer que alguém é medroso ou covarde.

12. Nada mais que uma maneira inteligente de “espia só!”

post-expressoes-potiguares-confundem-brasil-pia

Pia é aquele troço que você que não mora no RN lava a mão, certo? No RN (e em outros lugares do Nordeste também) quando alguém quer mostrar algo para outra pessoa fala “pia” também. É o mesmo que espiar, olhar, enxergar. Muitas vezes quer dizer: “preste atenção em mim”.

13. “Bixiga” não significa nem balão e nem o órgão do corpo humano

post-expressoes-potiguares-confundem-brasil-bixiga

E nem o bairro tradicional de São Paulo. Bixiga significa “raios” ou “diabos”. É sinônimo de algo espantoso e de caráter ruim:

Eita bixiga = Eita lasqueira!

Tá com a bixiga = Que loucura!

Que bixiga é isso? = Que diabos é isso?

14. Galado

post-expressoes-potiguares-confundem-brasil-galado

Ovo galado? Nada disso!

Essa expressão é a melhor, é algo que só os potiguares sabem exatamente o que significa, e no momento certo. GALADO pra o resto do Brasil significa o ovo fecundado, ou seja, que vai se transformar em pintinho. Mas no Rio Grande do Norte dependendo do contexto e da entonação da frase muitas interpretações podem surgir.

Galado pode ser algo engraçado, hilário. “que cara galado!” É uma expressão comum pelo RN para designar uma figura engraçada, hilária, que acaba de criar uma brincadeira qualquer.

Pode ser também um adjetivo pejorativo, como por exemplo na frase: “Esta mulher não passa de uma galada!”.

“Que bixo Galado!” = “Que cara engraçado/escroto/esperto/safado/inteligente/e maisummilhaodeoutrascoisasquevocênãovaientenderrapidamente”

Gostou?

Então dá uma força pra gente curtindo a página do Curiozzzo no Facebook.

Anúncios