O que aconteceu com o britânico que tentou cruzar o Oceano Atlântico até Natal (RN)

Esse cara se chama Ben Hooper e tentou ser o primeiro ser humano a atravessar o Oceano Atlântico a nado, com ponto de chegada em Natal (RN):

post-nadador-britanico-ben-hooper-piscina-quer-atravessar-oceano-ate-natal-4

Hooper começou sua façanha dia 13 de Novembro de 2016, partindo de Dakar no Senegal, e deveria levar em torno de quatro meses para chegar em Natal. Ao todo, ele percorreria 3,2 mil quilômetros.

O “nadador maluco” que tem 38 anos, iniciou este projeto com um motivo nobre, destinaria o dinheiro de doações para comunidades carentes através de seu patrocinador Swim The Big Blue (“Nadando o Grande Azul”).

Só no treinamento, Hooper chegou a nadar 12 milhões de metros no mar e em piscinas como preparação para a grande travessia.

post-nadador-britanico-ben-hooper-piscina-quer-atravessar-oceano-ate-natal-3

Em entrevista à BBC de Londres na época, ele disse: “A ideia é atravessar com segurança e eu acho que meu único medo é se algo der errado mecanicamente comigo. Além disso, eu não estou muito preocupado com a vida marinha, eu estarei entrando em seu mundo, então preciso ser respeitoso. Eu já encontrei tubarões e águas-vivas e até agora ninguém me atacou”.

Junto com ele havia um barco de apoio, o catamarã “Big Blue”. A equipe contou com médico, terapeutas, e um observador que registraria tudo para o Guinness Book.

post-nadador-britanico-ben-hooper-piscina-quer-atravessar-oceano-ate-natal-thumb

Mas a coisa não saiu como ele esperava

Hooper não contava que sua expedição tivesse quatro emergências que obrigaram resgate, além de enfrentar grandes tempestades a ponto de danificarem seu barco.

“Decidimos adiar a expedição e navegar diretamente em direção a Natal, no Brasil, mas pela via mais curta. Tivemos cinco dias de tempestades no Atlântico, e por causa disso o barco sofreu danos”, justificou.

Em sua página do Facebook, Hopper disse que não dava mais: “abandono isto pela segurança de todos os que estão a bordo do Big Blue”, onde fazia pausas para descansar e comer.

O nadador abortou sua missão em Dezembro de 2016, um mês depois de começá-la, tendo nadado por 33 dias. Ele só conseguiu nadar cerca de 140 quilômetros desde que saiu do Senegal.

BBC

Gostou? Veja este cara que voou de parapente da Praia do Meio até Ponta Negra e filmou tudo

Anúncios