Recebeu ligação do presídio no Rio Grande do Norte e fez críticas construtivas ao golpe

Parecia mais um golpe comum por telefone originado de algum presídio do Rio Grande do Norte. O bandido – aliás a bandida – dando as instruções do que fazer, a vítima respondendo desconfiada, quando no fim da ligação, com a meliante desmascarada, os dois sorriem e a vítima fala coisas como: EU ACHEI FANTÁSTICO ISSO AÍ VIU? MUITO ORGANIZADO. EU DOU OS PARABÉNS PRA VOCÊS!

O QUE??? Não, não, pelo amor da Santa dos Presidiários, o que é que tá acontecendo, amigo você tá fazendo críticas construtivas para o golpe, é isso mesmo? Ainda rolou um diálogo:  “e de onde você é?” Quase um flerte!

Pronto! Nasceu o primeiro crítico de golpes brasileiro! Só no BR HUE mesmo um golpe com um desfecho desses viu…

Então fica esperto aí pra não cair nessas ligações, e faz favor também de não agradecer pela perfeição do golpe, whatafuck?!

Será que o chefão absoluto do presídio vai bonificar esta senhora?

Anúncios