A cidade de Nova Cruz (RN) e a misteriosa lenda da “Anta Esfolada”

Olha que história interessante e de pura cultura popular…

No início da colonização de Nova Cruz, cidade que fica há 98 km de Natal, o povoado foi chamado de Urtigal, pela quantidade de urtigas existentes na região.

Mas, algum tempo depois, Urtigal mudou de nome, e passou a se chamar Anta Esfolada. Isto em razão de alguns fatos curiosos ocorridos por lá.

Conta o jornalista Manoel Dantas que existia por aquelas bandas uma anta possuída por um certo “espírito maligno”. Um dia um caçador astuto conseguiu prender o animal numa armadilha, e na ânsia de tirar seu espírito mal, partiu pra esfolar o mesmo.

Mas logo no primeiro talho a anta conseguiu escapar, deixando para trás sua pele e penetrando mata adentro”, escreveu , no seu livro Homens de Outrora.

Segundo o que contam, a tal “anta esfolada” permaneceu aterrorizando os moradores, e então a localidade passou a se chamar Anta Esfolada. E assim permaneceu durante muito tempo.

A lenda conta ainda que um missionário jesuíta fez uma cruz com os ramos do inharé (arbusto abundante naquele tempo), e a fixou no alto de uma pedra, que era caminho de costume da anta.

Depois da nova cruz, a anta nunca mais foi vista novamente, e a cidade ficou conhecida assim como Nova Cruz.

Para preservar a memória da cidade, a Praça do Marco Zero é testemunha silente, onde foi fundada Nova Cruz, nos idos de 1852. De acordo com Manoel Dantas, foi neste local que o frei jesuíta Serafim fincou a cruz.

Para o povo da cidade, a nova cruz representa a história que deu vida à cidade, preservando a memória do seu povo sertanejo.

Existe até um filme chamado “A Lenda da Anta Esfolada”, uma produção bem interessante de moradores da cidade, que conta toda a história, veja:

 

Lembrei daquelas 7 lendas urbanas sinistras de Natal-RN

Fonte: Chão Potiguar

Anúncios