Tente relembrar (ou conheça) como eram estes locais.

1. Antes do Shopping Midway Mall era a fábrica Guararapes

Passado

Este é o cruzamento das avenidas Bernardo Vieira e Salgado Filho onde a fábrica foi construída em Natal. Ela foi inaugurada no ano de 1958 pelos irmãos Nevaldo Rocha e Newton Rocha, e tinha 2.700 m² de área construída.

Presente

Em 1997 ela foi transferida para o distrito industrial de Extremoz (RN), onde sofreu ampliação para 150.000 m² de área construída. Em 2004 o Shopping Midway Mall foi inaugurado pelos mesmos irmãos, e hoje ele tem 231 mil m² de área construída, faturando anualmente R$ 1,1 bilhão.

2. O viaduto do “4º Centenário” era um imenso [e perigoso] cruzamento

Passado

Nas décadas de 70 e 90 os carros disputavam quem iria passar primeiro num cruzamento extremamente movimentado e sem semáforo. E isso foi agravado principalmente na década de 90, quando aumentou o número de veículos na cidade.

Presente

Depois foi construído o Viaduto (ou Complexo Viário) Quarto Centenário, cujo nome oficial é Complexo Viário Senador Carlos Alberto de Sousa, em comemoração aos 400 anos da fundação da cidade. Ele foi inaugurado em 25 de fevereiro de 2000.

3. A Catedral era uma praça

Passado

Antigamente, mais ou menos na década de 50, havia no lugar onde hoje é a Catedral de Natal uma praça, a Praça Pio X. Como ali bem próximo existia um grande cinema, haviam vendedores ambulantes de pipoca, sorvete e amendoim.

Presente

Em 1973 um bispo da cidade começou a construção da catedral com intensas campanhas para arrecadar fundos dos fiéis que duraram mais de uma década; campanhas estas muito contestadas pela sociedade da época sobre seus verdadeiros intuitos. A sua inauguração aconteceu em 21 de Novembro de 1988.

4. De ruas simples à Viaduto do Baldo

Passado

Este local, que fica no Barro Vermelho em Natal, possuía apenas ruas com cruzamentos, retornos e acessos simples.

Presente

Com o crescimento da cidade foi construído em 1978 o que seria hoje o “Viaduto do Baldo”, que interligou os bairros do centro com os da zona leste e sul de Natal.

5. O Arena das Dunas era bem diferente

Passado

No lugar onde hoje é o estádio Arena das Dunas existia o maior estádio de futebol de Natal se chamava Machadão, ou mais especificamente: Estádio João Cláudio de Vasconcelos Machado, que foi inaugurado em 4 de Julho de 1972.

Presente

Ele foi demolido juntamente com o ginásio anexo “Machadinho” entre 21 de outubro de 2011 e 25 de novembro do mesmo ano, dando lugar ao atual Arena pela participação de Natal na Copa do Mundo FIFA de 2014.

Se gostou veja também uma reportagem de 1986 mostra como era Natal naquela época

Com informações de Brechando.com

Anúncios

Escrito por Henrique Araujo

O criador e editor do Curiozzzo é formado em Sistemas de Informação, viciado em internet desde muito cedo, e encontrou na criação conteúdo para ela uma nova paixão. Criou este site em 2014 para levar o Rio Grande do Norte (onde vive desde criança) para o mundo de uma forma criativa e diferenciada. Siga-o: instagram.com/henrique.e.araujo

13 comentários

  1. Formidável para não dizer FANTÁSTICO! PARABÉNS. Hoje sou um homem de 86 anos. Fui criança em Natal, onde cheguei (vindo de navio do Lloyd) antes da 2ª Guerra com as tropas (meu pai ra milico de Infantaria) de Minas Gerais. Quando chegamos eu tinha apenas dez anos. Do porto fomos alojados (famílias e parte da tropa) no Edifício Varella _ a (então Av. Sanchet). Depois mudamos para Rua Apodi, 222. Lá ficamos por toda a Guerra e até bem depois. Assistia tudo com os olhos de menino interessado. Gravei tudo na mente. Morei também à Av. Sachet bem na frente do Grande Hotel e vi o presidente Roosevelt ali durante a sua visita ao Brasi.l Depois mudamos para a Cidade Alta. Vi tudo! O Wonder Bar era um mistério para os meninos. Assistia os navios trazendo latões de betume para fazer o asfalto da futura “pista” para a Base de Parnamirim em contrução. Quando menino também vendia miquinhos para os gringos. Cresci, e depois fui fazer o Serviço Militar obrigatório no 16º RI, lá na Hermes da Fonseca. Na antiga Praça PIO X foram abertas as trincheiras para abrigo ante a possibilidade de bombardeios aéreos eventuais. Depois foi contruído aquela especie de coreto onde, na parte baixa havia uma peixada. Ali, naquele local onde agora é a Catedral, ouve um comício para as eleições de 3 de outubro de 1950. Na antiga escadaria da peixada, presenciei o Gregório Fortunato, negro enorme, levar o Getúlio Vargas nos braços e postar aquele gordo candidato bem na frente do microfone para falar à multidão. Eu estava ali por ser soldado do Exército para proteção do senador Getúlio, candidato. Me recordo dos USO, onde só eram admitidas as mulheres para satisfação dos soldados ameericanos. Hoje vivo em Brasília-DF, escrevo História e memórias dos velhos tempos, inclusive do meu tempo de soldado no Sertão do Seridó, Florânia, onde fui destacado ( 1950) para garantir as apurações do resultado da Eleições de 3 de outubro daquele ano. Quantas saudades! Obrigado pelas fotos. Ah! Servi, também, na 24ª CR que era ali perto do antigo Atheneu onde frequentei o Curso Científico, cujo diretor era o famoso Prof. Celestino Pimentel.

  2. Parabenizo a grande importância desse trabalho que mantém vivo o interece pelo conhecimento da história da cidade do natal. Muito obrigado. Gostaria muito que mandasse imagens da Zona Norte de Natal.

  3. As fotos do complexo do quarto centenário e da região da Catedral (atuais) estão bem velhinhas, muitas coisas mudaram.
    E o correto é “A” Arena das Dunas e não “O” Arena das Dunas.

  4. A Guararapes – tinha do outro lado uma Escola para os filhos dos operários. É um dos grupos empresariais locais que a meu ver tem a responsabilidade social que muitas não tem. O Viaduto do Baldo quando foi construído não foi bem planejado. Até hoje é sub-utilizado. A Praça Pio X deixou saudade. O Cine Rio Grande permanece, augado a uma Igreja Neo Pentecostal. No terreno que tinha um correto no meio, armavam parques de diversão. A Nova Catedral é interessante e tem uma Capela bi sub-solo ainda mais. Gosto das outras Igrejas – as do Centro.

Diga o que achou:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s