E se a Salgado Filho e a Prudente tivessem mão única?

Há anos a população de Natal sofre com o crescimento acelerado de veículos, que requer reanálises e modificações em estruturas e vias para abraçar a demanda.

Os maiores fluxos de veículos da cidade estão na Avenida Prudente de Morais e na Avenida Senador Salgado Filho. Quem já ficou quase uma hora (ou até mais) em engarrafamentos por lá, principalmente perto das 18h, que o diga.

Foto: Agora RN

A criação de complexos viários, reformas de marginais, duplicações e túneis nestas vias por parte do governo com investimento de milhões de reais, parecem não resolver o pesadelo que é isso na vida dos motoristas da capital potiguar.

Mas e se a Salgado Filho e a Prudente de Morais tivessem mão única?

Foi o que já idealizou Rubens Ramos, que é professor na área de Engenharia de Transportes na UFRN – com mestrado em Engenharia de Transportes, Doutorado em Engenharia de Produção e Pós-Doutorado em Transportes na França – e Diretor Técnico da Associação Brasileira de Engenheiros Civis.

Veja o que ele disse sobre isso ao jornal Tribuna do Norte:

“A prefeitura deveria adotar a mão única na Salgado Filho e na Prudente de Morais, e em todas suas transversais. A mão única resolve dois problemas de uma vez: o fluxo principal e o fluxo gerado com os retornos nas conversões, pois acaba com os retornos. A adoção da mão única é simples, rápida e requer obras de menor valor. Recusar a mão única é criar engarrafamentos para depois vender a ideia de que a solução são obras de túneis. É possível produzir um alívio e fluidez no trânsito com mudanças simples nas vias.” Veja o que mais falou Rubens à respeito do assunto aqui.

Aqui sugerimos que a Salgado Filho tivesse a mão sentido Centro, e a Prudente a mão sentido Parnamirim. E você o que acha?

Se gostou veja este arquiteto que quer pintar algumas partes Natal

 

 

 

Anúncios