Este foi o primeiro carro a chegar na cidade de Mossoró (RN). Isto foi exatamente no dia 11 de Maio de 1911. O jornal “O Mossoroense” noticiava, na época: “ O carro dos Fernandes fez lindas evoluções pelas ruas da cidade”.

O veículo era do modelo “Westinghouse”, de fabricação alemã. Ele tinha capota desmontável, buzina externa e caixa de ferramentas no estribo esquerdo, além de manivela e rodas com aros de madeira. No motor: 40 cavalos, e a acomodação era de minivan: 8 passageiros!

O carro foi comprado no Rio de Janeiro pela firma Tertuliano Fernandes e Cia, para encurtar o trajeto entre Mossoró e a cidade do Oeste mais rapidamente. Imagina quanto não foi este luxo raro?

O jornalista Lauro da Escóssia, do O Mossoroense, relatou em 1977 que quando o carro chegou na cidade foi um verdadeiro alvoroço. A cidade, que na época nunca havia visto um carro de perto, não falava de outra coisa, e até comércio fechou as portas para que todos tivessem a oportunidade de vê-lo desfilar: “foi um deus-nos-acuda na cidade, muita gente até se ajoelhou nas calçadas ao ver o veículo, que chegou pela praça da Redenção, passou por várias ruas e parou ao lado da Praça do Coração de Jesus, numa espécie de garagem adaptada. Não havia nem macaco para levantá-lo.”

Junto com o automóvel, veio o motorista, o Sr. Cesário Martins, que durante o período de sua permanência em Mossoró ministrou ensinamentos a várias pessoas. Quem primeiro aprendeu a dirigir a máquina foi um homem chamado Chico Panema.

Mas Chico não era um bom motorista. Numa viagem que fez para Apodi, esqueceu-se de colocar água na caldeira e o motor do carro estourou. Ficou atolado no areal entre Apodi e Mossoró. Não teve mais conserto e alguns anos depois foi vendido e levado para o Rio de Janeiro como sucata.

Fonte: “O Mossoroense”.

Anúncios

Escrito por Henrique Araujo

O criador do Curiozzzo é Bacharel em Sistemas de Informação, viciado em internet desde muito cedo, e encontrou na criação de conteúdo uma nova paixão. Criou o blog em 2014 para levar o Rio Grande do Norte (onde vive desde criança) para o mundo de uma forma criativa e diferenciada. Siga-o: instagram.com/henrique.e.araujo

6 comentários

  1. Tem um erro nessa história, ou essa foto é apenas ilustrativa, ou foi dito o nome do automóvel errado. O veiculo que aparece nessa foto é um ford T 1911. Não sei de onde saiu esse nome esquisito da marca mencionada. Fazendo uma rapida busca pela internet o unico carro que aparece é esse mesmo da história em questão.

    1. Eduardo, o erro era o nome do veículo, estava com grafia errada, consertamos. O carro é do modelo “Westinghouse”. Obrigado por nos indicar o problema e por comentar. Sobre a foto, na fonte em que coletamos as informações aparecia a imagem, nós repostamos, mas como não há garantias de que ela corresponde ao registro deste fato realmente, apagamos.

  2. O povo de Mossoró foi muito Cortez com a chegada do Carro, Meu pai conta que em São José do Seridó quando o carro chegou o pessoal da cidade quebrou o carro de paulada, quando já estava todo quebrado e só o motor ficou funcionando, disseram “continue
    dando de cacete que o coração ainda estar batendo”.

Diga o que achou:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s