Há 139 anos o norte-americano Thomas Edison inventou a primeira lâmpada incandescente. Levou mais de um ano para que ele e sua equipe conseguissem acender uma lâmpada, e finalmente, em 21 de outubro de 1879, ela brilhou por 45 horas seguidas.

Mas a energia elétrica só chegou ao Rio Grande do Norte em 1911

Fonte: Memorial da Democracia (http://memorialdademocracia.com.br)

 

Fonte: Memorial da Democracia (http://memorialdademocracia.com.br)

Antes disso era só lampião, querosene e gás. Até que, finalmente ocorreu a inauguração da Hidrelétrica de Paulo Afonso, pelo governador Aluízio Alves, no final de dezembro de 1963.

Foi quando os postes de madeira foram trocados pelos de ferro

Os bondes elétricos foram inaugurados em 1911, depois da chegada do primeiro sistema de energia elétrica de Natal. Foto: Arquivo Público.

E as ruas da capital passaram a ser iluminadas durante toda a noite, e mais tarde chegaram os bondes.

Então chegaram os anos 50, e com ele com vários racionamentos elétricos

Foto do site Web: Natal – 400 Anos de História/jornal Diário de Natal

Isso porque a cidade cresceu muito na década de 40, e como dependia da eletricidade fornecida pela empresa de origem inglesa Força e Luz Nordeste do Brasil, que havia sido trazida para a capital em 1928 pelo governador Juvenal Lamartine, o sistema elétrico se tornou ultrapassado.

No interior as cidades eram iluminadas com motores elétricos a óleo, que eram ligados às seis da tarde

Praça Vigário Antonio Joaquim em Mossoró (RN) no ano de 1937. Foto: Manuelito Pereira.

Mas a luz durava pouco. Às 9 horas, o sistema dava uma “piscada” avisando que era o momento de acender as lamparinas e os candeeiros.

Mas Natal nem foi a primeira cidade potiguar a receber a energia

Cidade de Santa Cruz (RN) antigamente. Fonte: Santa Cruz do Trairi em Destaque.

Ela chegou primeiro em Santa Cruz em Abril de 1963.

Em dezembro do mesmo ano, ela chegava a Natal

Av. Duque de Caxias com Av. Tavares de Lyra – Ribeira — em Natal – RN, entre os anos 50 e 60.

Mas só foi levada à maioria dos bairros do município em 1966, pelo então prefeito Agnelo Alves.

Atualmente, todo o sistema de geração e transmissão de energia do RN é operado pela empresa Chesf

Seja através de usinas e linhas próprias ou da integração com sistemas de distribuição da COSERN e da Energisa (PB). Em Natal, como marco histórico, a sede da companhia ainda mantém a placa da inauguração, datada de 21 de dezembro de 1963, com a inscrição “Estação Abaixador Presidente Goulart”.

Fonte: Mineiro

Anúncios

Escrito por Henrique Araujo

O criador do Curiozzzo é Bacharel em Sistemas de Informação, viciado em internet desde muito cedo, e encontrou na criação de conteúdo uma nova paixão. Criou o blog em 2014 para levar o Rio Grande do Norte (onde vive desde criança) para o mundo de uma forma criativa e diferenciada. Siga-o: instagram.com/henrique.e.araujo

4 comentários

Diga o que achou:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s