Conheça a primeira mulher Potiguar a pilotar um avião

Em 1918 – 100 anos atrás – nascia em Natal a primeira mulher do Rio Grande do Norte a pilotar um avião. Seu nome era Lucy Garcia Maia:

Nascida em uma família com boas condições financeiras, estudou na Escola Doméstica e desde cedo sonhou em se tornar pilota de avião, uma profissão extremamente masculina naqueles tempos.

Mas ela era audaciosa e isso não a impediu de penetrar nesse universo. Em 1942, aos 24 anos, mesmo precisando lidar com olhares e comentários machistas da sociedade da época, ela concluiu as aulas de voo, somando 800 horas no ar, o que lhe rendeu, em 1943, a carta de autorização para pilotar aviões dos tipos Piper J-3, Culver e PT-19.

Foi um natalense o primeiro civil a morrer pilotando um avião no Brasil

Lucy aos 20 e poucos anos com sua turma de vôo

Este natalense cria miniatura de aviões com detalhes absurdos

Mas seu destino não era a carreira de pilota, mais tarde ela descobriu que sua vocação eram os esportes. Lucy largou os céus e foi atleta de tênis, vôlei, basquete e remo – outro ambiente cercado de homens. Era tão apaixonada por esportes que fundou o Centro Desportivo Feminino, incentivando as mulheres a praticar os mais variados esportes.

Viva Lucy!

Com informações de: Tribuna do Norte

Anúncios