Encontraram a 1ª identidade feita no RN, e ela é de 1918

O ITEP-RN (Instituto Técnico-Científico de Perícia do RN) divulgou hoje que havia encontrado em seus arquivos o primeiro registro de um documento de identidade feito no Rio Grande do Norte.

O documento é de 1918, e traz a assinatura e as impressões digitais de Joaquim Ferreira Chaves Filho, o primeiro governador eleito pelo voto aberto do estado, que foi registrado quando já tinha 65 anos de idade.

E um detalhe da época contido no registro é interessante. Naquele tempo a foto não vinha anexa ao documento, então descrevia-se a pessoa fisicamente: cor dos olhos, cor dos cabelos, estatura física e até barba e bigode.

A folha tem a marca do governo do Rio Grande do Norte e aponta, logo no topo, que o ITEP não se chamava assim, e sim “Gabinete de Identificação e Estatística da Repartição Central de Polícia”.

Confira o documento:

O ITEP passou recentemente por um processo de digitalização de seus documentos. O projeto é de que, num futuro próximo, seja criado o ‘Museu do ITEP’. Em mais de 100 anos de existência o órgão já emitiu mais de 4 milhões de identidades no Rio Grande do Norte.

Fonte: ITEP RN

Henrique Araujo

O criador do Curiozzzo é Bacharel em Sistemas de Informação, viciado em internet desde muito cedo, e encontrou na criação de conteúdo uma nova paixão. Criou o blog em 2014 para levar o Rio Grande do Norte (onde vive desde criança) para o mundo de uma forma criativa e diferenciada. Siga-o: instagram.com/henrique.e.araujo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *