Dançar Rock’n Roll já foi algo proibido por lei em Natal

Durante a 2ª Guerra Mundial a cidade de Natal sofreu muitas transformações no seu cotidiano.

A presença constante de tropas americanas pra lá e pra cá pela cidade traziam novos estilos de roupas, de músicas, de comportamento, e até de alimentos como a Coca-cola e o chiclete, nunca antes vistos de perto na pequena capital do RN.

Mas das várias coisas vindas da terra do tio Sam que foram incorporados ao dia-a-dia dos jovens natalenses, uma delas foi extremamente censurada: o Rock’n Roll.

O estilo musical seduzia todos os adolescentes, mas os adultos o tornaram algo totalmente proibido em Natal.

Anúncios

Esse cidadão cansado de violência no RN deu a solução definitiva para o problema

Que mané reforçar os presídios ou armar o cidadão de bem!

A professora da UFRN agredida no protesto em Brasília contou detalhes impressionantes daquele dia

No dia 29 de Novembro durante a votação da PEC 241 (55) pelo Senado Federal em Brasília, ocorreu do lado de fora uma grande manifestação de pessoas contrárias ao pacote de medidas. Nas proximidades do Ministério de Meio Ambiente houve um confronto entre os manifestantes, muitos estudantes, e a tropa de choque montada da polícia.

A professora Sandra Fernandes Ericksson, que atualmente leciona no Departamento de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, deixou a UnB (Universidade de Brasília) junto com a caravana “Ocupa UnB” por volta do meio dia, e foi almoçar numa praça próxima ao MEC. Ao terminar se dirigiu até o local do protesto sem saber ainda o que estaria por vir.

Ela conversou conosco e contou detalhes impressionantes daquele dia. Veja entrevista INÉDITA do Curiozzzo.

Professora de Extremoz (RN) com salário atrasado pede “esmola” em frente à prefeitura

Ela está com o salário atrasado há 3 meses e decidiu acampar em frente à prefeitura para pedir dignidade e ajuda.

4 vídeos das rebeliões de presos em Alcaçuz que você ainda não viu [inédito]

Olha a destruição do local, olha quanta gente enlouquecida… tem até preso amarrado esperando ser queimado, tem pepe-lanche sendo destruído, um verdadeiro cenário de devastação. Realmente tá explicado porque o governo do RN declarou estado de calamidade.