Este lugar do Rio Grande do Norte com ondas gigantes está enlouquecendo surfistas do mundo todo

Imagina um lugar no RN com ondas tipo as que rolam no Havaí… Imaginou? Pois ele existe! O local pode ser até desconhecido pra muita gente, mas foi descoberto em 1989 e hoje é batizado de “Havaí Brasileiro”.

A onda se chama Urca do Minhoto e já de longe é bem assustadora. Ela é tão poderosa que quando vem “cava” 2,5 metros na água, chegando a aflorar diversas pedras no meio do nada, e quando se forma sobe até insanos 3 metros de altura.

Foto: Alexandre Alessy / Divulgação
Foto: Alexandre Alessy / Divulgação
Foto: Alexandre Alessy / Divulgação
Foto: Alexandre Alessy / Divulgação

Apesar de sua beleza, ela é extremamente perigosa. Várias embarcações com surfistas já se dirigiram até lá, mas poucos conseguem pegá-la. Recentemente 36 surfistas corajosos tentaram a aventura, porém apenas 8 heróis tiveram a sorte de subir nela.

Como se já não fosse o bastante, ali pertinho da Urca existe a Risca do Zumbi, um lugar famoso entre mergulhadores do Brasil todo pela incrível cor da água, considerada uma das mais claras do mundo!

Foto: Alexandre Alessy / Divulgação
Foto: Alexandre Alessy / Divulgação

A Urca do Minhoto acontece a 29 km de distância da costa de Galinhos, litoral Norte do Rio Grande do Norte, praia que fica a 153 km de Natal.

Será que nossa especialista natalense em ondas agressivas tinha coragem?

Fonte: Go Kite

🔥482 Visualizações

Henrique Araujo

O criador do Curiozzzo é formado em Sistemas de Informação, já foi dono de startups, administrador de grupos, empresário, mas sempre foi um amante da internet, primeiro como desenvolvedor e depois como produtor de conteúdo, desde a chegada dela no Brasil. Em 2014 criou o blog e encontrou na história e na cultura de onde mora uma nova paixão. Hoje ele leva o Rio Grande do Norte para o mundo de forma respeitosa, criativa, curiosa e única. Siga-o: instagram.com/henrique.e.araujo

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *