Este castelo misterioso está abandonado em Caíco, RN

No Rio Grande do Norte existem alguns castelos né? Aqui no Curiozzzo.com já falamos daquele construído por um roqueiro potiguar no sertão do RN, daquele também que foi construído à mão pelo Zé dos Montes, e daquele outro que virou fachada de uma casa em Natal. Mas hoje vamos falar de um outro, desconhecido de muita gente, que está abandonado na cidade de Caicó, cidade no pezinho do elefante (RN), que fica há 279km de Natal.

É o Castelo de Engady, uma edificação localizada nos arredores de Caicó, que é considerada por muitos misteriosa e mística, entre outras coisas, por causa da sua arquitetura rústica em contraste com o local árido em que foi construída. Por isso, ele desperta atenção de curiosos de vários lugares do país.

Castelo de Engady , Caicó, RN. Foto: Dimas Mota

O nome do castelo faz referência à história bíblica do rei Davi. Pois segundo a Bíblia, Davi era perseguido pelo rei Saul, e era na fonte de Engady, na Palestina, que ele encontrava sossego e proteção. “Engady” significa lugar isento de maldade.

Aliás, vários detalhes de sua arquitetura faz referências à Bíblia, como o fato de possuir sete torres, em honra ao número sagrado da Bíblia; e a presença de uma grande estrela de Davi, em ferro, cravada acima da porta principal, em homenagem a história do rei Davi.

E quer saber o que tem lá dentro, aliás, pelo menos tinha? Por lá você encontrava tudo que um castelo tinha direito como: pátios, terraços, peitoris, balcões, guaritas, torres, pontes, escadas, batentes, poços, tanques, fortificações, ameias, salas, dormitórios, capela, dependências de serviços domésticos, vigias, muralhas e portões.

 

Castelo de Engady , Caicó, RN. Foto: Márcio Barbosa

A decoração parecia que foi preparada para ser cenário de filme:  tinha quadros clássicos, emblemas, estandartes, espadas, lanças, carrancas, correntões, peças bíblicas e religiosas, objetos de boiadeiros e até vestígios da vida bucólica.

E não acaba por aí não. A mobília era adquirida nas fazendas, propriedades e sítios da região. As peças chegaram lá por meio de compra, troca ou oferta. No acervo tem velhas arcas, velhos armários, baús, bancos, oratórios, pilões, camas rústicas, cadeiras, tripeças e peças de engenho, de casas de farinha e de vapores de algodão. Deu até vontade de ir lá visitar esse castelo, é ou não é?

O Engady foi erguido pelo Monsenhor Antenor Salvino de Araújo, e sua construção demorou 11 meses ininterruptos, no período de 4 de junho de 1973 a maio de 1974.

Eu falei verbos no passado porque hoje o castelo infelizmente está em ruínas.

Castelo de Engady , Caicó, RN nos dias atuais. Foto: Rostand Medeiros

Segundo o historiador Rostand Medeiros ele foi adquirido em 2006 pelo Governo do Estado, na gestão Wilma de Faria, por R$ 226 mil reais, e está esquecido e se deteriorando cada vez mais. Hoje em dia ele é gerenciado pela Fundação José Augusto, que pretende transformá-lo em casa de cultura ou uma espécie de museu.

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

 

🔥174 Visualizações

Henrique Araujo

O criador do Curiozzzo é formado em Sistemas de Informação, já foi dono de startups, administrador de grupos, empresário, mas sempre foi um amante da internet, primeiro como desenvolvedor e depois como produtor de conteúdo, desde a chegada dela no Brasil. Em 2014 criou o blog e encontrou na história e na cultura de onde mora uma nova paixão. Hoje ele leva o Rio Grande do Norte para o mundo de forma respeitosa, criativa, curiosa e única. Siga-o: instagram.com/henrique.e.araujo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *