Este natalense cria miniatura de aviões com detalhes absurdos

O nível de detalhes é assustador!

Anúncios

Foi um natalense o primeiro civil a morrer pilotando um avião no Brasil

Era 23 de Maio de 1930, manhã de uma Sexta feira. Desde bem cedo alunos do curso de pilotagem da “Escola de Voo Aeroclube do Rio Grande do Norte” circulavam pelo campo de pouso.

A escola havia sido fundada há dois anos atrás e possuía uma boa infraestrutura de ensino aeronáutico, com sede, hangar e duas aeronaves.

No exercício daquele dia cada aluno deveria decolar, dar duas voltas no campo do clube e depois aterrissar.

O aluno Edgar Dantas fez uma decolagem tranquila, dando suas duas voltas sem problemas, porém, quando já se preparava para pousar realizou uma manobra a apenas 20 metros do solo, e o resultado foi desastroso.