Este potiguar escapou por um milagre de morrer nas garras de Lampião

Em 1927 o sertão do Rio Grande do Norte era “visitado” pelo maior cangaceiro da história do Brasil: Lampião.

Seu ataque às terras potiguares, junto com um numeroso e feroz bando de cangaceiros, aconteceu em 27 de Junho, e tinha como principal objetivo a crescente cidade de Mossoró.

Ao longo do trajeto do cangaceiro várias comunidades foram invadidas, roubadas e saqueadas. Foi um imemoriável frenesi de medo, terror, gritos, sangue e mortes.

Uma destas comunidades é a cidade de Antônio Martins, que na época se chamava Boa Esperança. É lá onde mora Vicente Teixeira de Lira, o corajoso homem que, depois de uma “insolência”, escapou por um milagre de morrer nas garras de Lampião e de seus capangas.

Anúncios