10 fotos e curiosidades do “Macahyba Maiden”, famoso avião americano durante a Segunda Guerra em Natal

Veja a cabine, a tripulação e fotos raras do momento de um bombardeio promovido por ele.

Anúncios

Vídeo mostra a queda de um caça F5 durante uma apresentação em Parnamirim

Era Sábado, dia 27 de Outubro de 1995. Na manhã daquele dia acontecia o encerramento da “Semana da Asa” na base aérea de Parnamirim (RN). Mais de 20 mil pessoas esperavam ansiosas pela exibição aérea dos pilotos brasileiros.

O avião caça pilotado pelo capitão Mauro Fernandes Naumann é o primeiro a sair. Logo na saída ele dá um giro completo, e sobe para terminar a manobra.

O pesquisador Rostand Medeiros, que estava no evento e assistia o vôo, diz que percebeu algo diferente naquele momento: “O caça subiu, fez um giro ainda com os trens de pouso abaixados, situação que achei interessante e diferente das outras decolagens. Parecia que aquele piloto prometia algo interessante.”

Quem estava na base aérea teve a impressão que a turbina do F5 falhou por alguns segundos. O caça então inicia um mergulho intenso e rápido, o capitão tenta recuperar a altitude mas o pior acontece.

30 segundos em vídeo inédito da base militar americana em Natal durante a 2ª Guerra

Em 2014 publicamos aqui no Curiozzzo várias fotos desconhecidas da maioria das pessoas da base militar americana criada em Natal durante a 2ª Guerra Mundial.

Falamos da Guerra porque ela e permitiu que o desenvolvimento chegasse à uma capital ainda provinciana, cuja população era de cerca de apenas 55 mil habitantes, e fez mudanças profundas na sua sociedade.

Um aeroporto com uma média de 200 voos diários, avenidas asfaltadas e a Base Naval do Alecrim foram marcas importantes do período.

Mas, outras coisas menos relevantes, contudo muito apreciadas, também surgiram com a presença dos soldados americanos.

Por exemplo: Natal foi a primeira cidade brasileira a ter a Coca-cola, o ketchup, os óculos de aviador e a calças jeans. Os natalenses também adicionaram ao idioma nativo expressões da língua inglesa, como o ‘ok’ e o ‘bye-bye’.

Assista este vídeo tendo em mente que ele é um pequeno, porém valioso, registro daquele período de transformação épico!